segunda-feira, fevereiro 14

Windows ainda é mais seguro, diz Microsoft.

Apesar de ter publicado o maior pacote de correções da sua história, a Microsoft continua a divulgar que o Windows ainda é mais seguro do que o Linux. Essa é uma afirmação mantida há anos pela companhia e, estranhamente, sempre reforçada logo após a publicação mensal de pacotes de atualizações de segurança.


"Mesmo com um número relativamente grande de boletins divulgados nessa semana, ainda levamos vantagem", disse o principal executivo de segurança da companhia, Mike Nash, em uma entrevista à revista Information Week. "Durante 2005, a Microsoft corrigiu 15 vulnerabilidades no Windows Server 2003. No mesmo período, os usuários de Red Hat Enterprise Linux 3 tiveram que corrigir 34 falhas, enquanto os de SuSE Enterprise Linux 9 tiveram que corrigir outras 78", afirmou, sem levar em conta as falhas no Windows XP.


Mas o número de correções não é suficiente para comprovar o ponto de vista, reconhece Nash. O executivo afirma ainda que a Microsoft ainda está à frente dos concorrentes em quesitos como política de segurança e gerenciamento de sistemas instalados.


Todos esses comentários chegam ao mesmo tempo em que a Microsoft anunciou a aquisição da empresa romena de antivírus Sybari, demonstrando seus planos em desenvolver o próprio sistema antivírus integrado ao Windows, já que o aplicativo anti-spyware encontra dificuldades em realizar as suas tarefas.


Durante essa semana, a Sophos divulgou a descoberta de um cavalo-de-tróia nomeado BankAsh.A, que apaga todos os arquivos da pasta de instalação do Microsoft Antispyware, além de instalar agentes de captura de dados pessoais na máquina do usuário. Na quinta-feira (10/02), a ISS anunciou o aumento do índice AlertCon, que mede o nível de segurança na web, em decorrência das diversas falhas apresentadas no sistema operacional Windows. A Microsoft não comentou os fatos.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/AdPortalv5/SegurancaInterna.aspx?GUID=99166F9B-9061-4063-89D2-716D51DEBE1B&ChannelID=21080105

Alves da Rocha (O Critico da comunidade Linux)

2 comentários:

voyeg3r disse...

Quem foi que disse que Windows é mais seguro? Há foi a Microsoft. Você esperaria o que da Microsoft. Que falasse que tem práticas imorais? que vende software com falhas? Quem tem 100.000 tipos de vírus? Que está perdendo mercado? Que financia a campanha de Bush? Como diria um certo humorista... ...Não me venha com xurumelas!!!

Anônimo disse...

E todo traficante diz que a dele é "a boa"...

Fala sério :P

Windows = Drugs. I´m out.

Pra você que adora um americanês.